As fontes genealógicas nos Arquivos Estatais

No âmbito da administração dos arquivos italianos, os Arquivos do Estado, organizados numa base provincial, representam as instituições mais importantes para a preservação e valorização dos registos públicos do Estado. Eles preservam:

1) os arquivos dos Estados italianos da pré-unificação;

2) documentos dos órgãos judiciais e administrativos centrais e periféricos do Estado que já não são necessários para as necessidades ordinárias do serviço;

(3) todos os outros arquivos e registos individuais, públicos e privados, que o Estado possua ou tenha recebido como doação ou depósito, tais como os arquivos de famílias, empresas, corporações religiosas e organismos públicos não estatais .

Nos Arquivos do Estado são preservadas muitas fontes, tanto públicas como privadas, indispensáveis para a investigação genealógica e para a história de famílias e pessoas individuais. As principais são:

  • O Estado Civil com os seus índices originais, anuais e decenais;
  • Registos de alistamento e carreira militar;
  • Arquivos notariais;
  • Arquivos familiares e pessoais;
  • Fontes nominativas e fontes para a emigração